NOTA de AGRADECIMENTO pela OPORTUNIDADE de DEBATE entre o candidato ABÍLIO, e os REPRESENTANTES do MERCADO IMOBILÁRIO

NOTA de AGRADECIMENTO pela OPORTUNIDADE de DEBATE entre o candidato ABÍLIO, e os REPRESENTANTES do MERCADO IMOBILÁRIO

O SINDIMÓVEIS MT vem à público elogiar a iniciativa da Gestão de Benedito Odário junto ao CRECI de MT quando proporcionou a oportunidade às Entidades representantes do Setor Imobiliário receberem respostas DIRETAS dos dois Candidatos em evento transmitido ao VIVO pelo Facebook.

Ontem (dia 23/11) foi a vez do Candidato Abílio.

Cada entidade recebeu a oportunidade de fazer duas perguntas. Nossa primeira pergunta tinha como objetivo conhecer a preocupação do Candidato com a preservação do Patrimônio Imaterial de nossa Cidade. O objetivo era perceber alguma demonstração não só de conhecimento técnico como também de preparo intelectual para lidar com toda a dinâmica dos negócios imobiliários dentro dos mecanismos da prefeitura de Cuiabá. Nos folgou saber que o candidato também compartilha das mesmas frustações que nossa categoria tem com os entraves burocráticos existentes hoje na prefeitura.

No entanto um momento do debate gerou posterior  burburinho equivocado na categoria e como estávamos presentes no evento, temos a obrigação de esclarecer. O Candidato Abílio é também Arquiteto e Urbanista, e levou para o debate também um pedido de aproximação de sua categoria com a categoria dos Corretores de Imóveis.

Em momentos da sua fala ele deixou claro que muitos Arquitetos buscam também o saber e a experiência que são únicos através da vivência obtida na negociação de imóveis. Pelo conhecimento acadêmico que o arquiteto possui, sugeriu em outras palavras, que fosse criado um “aproveitamento destes conteúdos” com o objetivo de encurtar a obtenção da Carteira de Corretor de Imóveis para Arquitetos e Urbanistas. 

O sindimóveis não vê crime nem má intenção nisso ! Muito pelo contrário, percebemos que o candidato, sendo arquiteto e urbanista, tem preocupação de que seus colegas não vendam imóveis sem serem corretores devidamente inscritos no Conselho de Classe.

Se haverá ou não um aproveitamento das matérias da grade curricular de arquiteto e urbanista na carga mínima obrigatória para obter o diploma de Técnico em Transações Imobiliárias ou mesmo no Curso Superior de Gestão Imobilária, ISSO NÃO CABE A NÓS DECIDIR, nem podemos ir contra às decisões da dinâmica das Instituições de Ensino.

Já houve tentativas em décadas anteriores, da instalação de prova de proficiência para ingresso na profissão de corretor de imóveis. Nossa gestão do SINDIMÓVEIS é favorável à adoção desta inicitiva que hoje é adotada pela categoria dos ADVOGADOS.  Desta forma, para os que não são domésticos da profissão, é normal o desconhecimento das formas e ingresso, o que não constitui nenhuma ofensa.

O SINDIMÓVEIS é a instituição que desde 28/01/1988 representa e luta pelos interesses de toda a categoria dos Corretores de Imóveis de Mato Grosso.  Assim como bem manifestou o Candidato Abílio, nós também não defendemos o exercício ilegal da profissão  (contravenção-penal prevista no artigo 47 da lei 3688/41).  

Qualquer Corretor de imóveis que porventura tenha emitido nota pública criticando a postura do candidato a este respeito NÃO FALA EM NOME DA CATEGORIA DOS CORRETORES DE IMÓVEIS, mas apenas em SEU PRÓPRIO NOME.

admin

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *